Ao Estadão, Maria Augusta Rost comenta pedidos de extensão de validade de teste de covid

A advogada Maria Augusta Rost, sócia do escritório Barretto & Rost Advogados, foi consultada pela reportagem do Estado S. Paulo para comentar o caso dos pedidos de extensão de validade de testes de covid-19 perto de vencer. 

Representante da importadora que entrou com solicitação na Anvisa, Maria Augusta chamou atenção para os argumentos da agência e citou norma que autoriza a rotulagem nacional de produtos importados.

Segundo ela, o argumento usado pela Anvisa quanto aos riscos de manipulação dos rótulos afetar o produto é “incompreensível porque quando as importadoras trazem os produtos de fora, os rótulos em português são incluídos aqui.”

Leia a matéria aqui.